Visual Basic – Criando um componente ActiveX (dll)

Neste artigo, mostro um exemplo de codificação de um componente desenvolvido na linguagem visual basic (vb6)…  

Falando um pouco desta prática, criar componentes tornam o código mais reutilizável, além de abstrair naturalmente a codificação em páginas ASP ou similares.

Este artigo trata-se de um exemplo de codificação, nosso foco não é se aprofundar no conceito de objeto COM, o modelo COM é um padrão para interfaces de objetos, dê uma estudada antes sobre este assunto caso preferir.

Vamos a prática! Inicie um novo projeto no Visual Basic  e selecione  a opção ActiveX DLL da janela New Project, conforme mostrado a seguir.

Clique em propriedades do projeto (Project1), selecione a guia Make, e informe o nome Exemplo no campo “Title”.

Em seguida, renomeie a Class1 para Exemplo, e codifique-a conforme o código abaixo.

Terminando a codificação da classe, compile a sua dll e registre-a no seu servidor web, para isto, use o programa regsvr32.exe, para isto, basicamente acesse a opção Executar do Windows e digite: regsvr32 “C:caminhodadllExemplo.dll”

Agora vamos usar o componente em uma página ASP ou melhor no meu caso usarei o componente em uma página .ASPX , consegui isso utilizando a diretiva de página <%@ page aspcompat=”true” %> , veja o exemplo a seguir de como ficou a codificação da página:

Importante: Para funcionar o componente deve estar registrado e instalado no servidor.

Ivaldo de Oliveira é desenvolvedor sênior de softwares

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.