A minha experiência com C# yield

Este artigo foi criado com base na documentação oficial da linguagem C#.

Você pode até considerar o assunto passado, porém , eu utilizo muito a palavra reservada yield do C#.

Quando o foco é produtividade, não tem como não amar o yield. =)

Com base na documentação oficial da linguagem C# , o yield trata-se de uma palavra-chave contextual que quando usada em uma instrução você consegue criar um objeto tipo IEnumerable de forma muito mais simples e dinâmica.

Sendo mais prático, imagine que você possua um método que necessite retornar um objeto tipo lista (IEnumerable ), veja como ficou super simples no exemplo abaixo o método GerarNomes().

Show de bola demais não acha? Note que se eu não utiliza-se o yield eu deveria no mínimo criar mais um objeto, e em seguida, usaria o mesmo para fazer a concatenação na mão … Veja abaixo como ficaria sem o yield:

São muitas as aplicações no dia a dia, sempre que desejar criar uma coleção dinamicamente tipo IEnumerable ou IEnumerable<T> lembre-se do yield. =)

Fica a dica de um recurso massa demais.

Ivaldo de Oliveira Batista Júnior

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.